Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor; como a alva, a sua vinda e certa; e ele descera sobre nos como a chuva, como a chuva serôdia que rega a terra. (Oséias 6:3)

Sobre o Espírito Santo (parte 1)

10155938_10203751924823602_9059943173961332540_nSOBRE O ESPÍRITO SANTO (PARTE 1)

 

O ensino sobre o Espírito Santo, a julgar pelo lugar que ocupa nas Escrituras, está em primeiro lugar entre as verdades redentoras. No entanto, é a doutrina mais negligenciada. O formalismo e um medo indevido do fanatismo têm produzido uma reação contra a ênfase na obra do Espírito Santo na experiência cristã. Todavia, não pode haver um cristianismo vivo sem o Espírito Santo. Somente Ele pode tornar real e experimental a obra de Cristo em nossas vidas.

Desde o princípio até o fim de sua vida terrena, Jesus esteve intimamente ligado ao Espírito Santo. O Espírito é mencionado em conexão com: o Seu nascimento (Lc.1:35), o Seu ministério terreno (At.10:38), a Sua crucificação (Hb.9:14), e a Sua ressurreição (Rm.8:11). Depois de ascender aos céus, conforme prometera, Jesus derramou o Seu Espírito Santo sobre os que creram. (At.1:4,8; 2:33). Assim, é concedido a todo discípulo a mesma bênção que Jesus recebeu e desfrutou, a saber, o privilégio de ter o Espírito Santo habitando e agindo através de nós.

 

Wilson Linhares Castro


Áudio: