Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor; como a alva, a sua vinda e certa; e ele descera sobre nos como a chuva, como a chuva serôdia que rega a terra. (Oséias 6:3)

Quem Somos

Quem Somos?

 

Somos uma entre muitas congregações em Porto Alegre/RS. Chamamo-nos Igreja Chuva Serôdia, no entanto queremos deixar bem claro que não pregamos uma denominação, mas o Evangelho do Reino, no qual Cristo Jesus é o Senhor. Pelas Escrituras, entendemos que, em cada cidade, Jesus tem uma única igreja – a igreja local. Consideramo-nos, portanto, membros da igreja que está em Porto Alegre. Reconhecemos como autoridades constituídas por Deus todos os pastores da cidade e nos submetemos a eles.

 

Por que ter uma denominação? 

 

Até o início da década de setenta, eram poucas as exigências legais que recaíam sobre as instituições religiosas. No entanto, de lá para cá, as exigências aumentaram. São leis, portarias e instruções normativas que incidem sobre a igreja. Hoje, para uma igreja existir juridicamente (e não apenas de fato), ela precisa estar registrada no Cartório Civil de Pessoas Jurídicas. Para isso, ela deve ter uma denominação (razão social). Sem personalidade jurídica, não se pode sequer abrir uma conta bancária. Mas há também um motivo prático. Vivemos numa sociedade que desconfia de grupos sem identificação. Ora, o tempo que se levaria para explicar por que não temos um nome poderia ser mais bem empregado na evangelização.

 

Por que Chuva Serôdia? 

 

Na Palestina, há dois períodos anuais de chuva (Joel 2:23):

a) As primeiras chuvas (temporãs) caem no outono, durante os meses de setembro e outubro;
b) As últimas chuvas (serôdias) caem na primavera, durante os meses de março e abril .

As primeiras chuvas preparam o solo para o plantio; as últimas chuvas, para a colheita. Muitos autores da Bíblia utilizam esta última estação de chuvas como metáfora para falar de futuras visitações de Deus – o que nós chamamos de avivamento (Dt. 11:4; Os. 6:3; Jl. 2:23; Zc. 10:1). Tiago a utiliza para profetizar a volta de Jesus e o arrebatamento da Igreja (Tg.5:7). Porque amamos estas duas realidades, chamamo-nos de Igreja Chuva Serôdia.

 

Declaração de Visão

 

Nossa visão é equipar gerações para darem continuidade ao ministério terreno de Jesus através da evangelização e do discipulado, enquanto aguardamos a Sua volta para buscar a Sua Igreja e estabelecer o Seu Reino.

 

Declaração de Missão

 

Nossa missão é proclamar o Evangelho de Jesus Cristo para que as pessoas se convertam e, então, treiná-las, por meio do estudo da Bíblia e da convivência congregacional, para serem espiritualmente maduras e frutíferas no Reino de Deus.

 

Valores Fundamentais

 

1. Simplicidade: para que até uma criança possa entender;

2. Naturalidade: para que o crescimento espiritual seja real e não artificial;

3. No Espírito: para que seja segundo a graça e não no esforço humano;

4. Honra: para que todos sejam valorizados;

5. Serviço: para que todos sejam abençoados;

6. Generosidade: para que todos sejam supridos;

7. Excelência: para que Deus seja glorificado.